Segunda-feira, 27 de Abril de 2009

As construtoras já entregam imóveis à banca.

Uma noticia publicada no JN refere que existem certas construtoras que vão entregar à banca os seus imóveis. O crédito malparado está a níveis históricos .

 

Do total de crédito concedido ao sector da construção 886 milhões eram considerados de cobrança duvidosa, ou seja mais 71% do que em Fevereiro de 2008 e mais 69 milhões do que em Janeiro de 2009.. Valores que bastam para explicar as afirmações recentes, ao JN, do presidente da Associação das Empresas de Construção e Obras Públicas do Sul (AECOPS), Ricardo Pedrosa Gomes. "Uma boa parte do sector é promotor de habitação que, na actual conjuntura, não consegue vender os empreendimentos, logo acaba por entregar os imóveis à banca como pagamento".

 

O período de crise em que vivemos, afecta tudo e todos e aprece que entramos numa espiral da qual não parece haver retorno, as tesourarias das empresas estão fragilizadas e não se prevê melhorias se não houver uma intervenção séria e rápida por parte do Estado!

publicado por J às 11:27
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 20 de Março de 2009

moratória nas prestações de crédito à habitação

O primeiro ministro de Portugal, José Sócrates anunciou nesta última  quarta-feira, na Assembleia da República, que as famílias com desempregados vão beneficiar de uma redução de 50 por cento com a prestação da casa.

Segundo o primeiro-ministro, a moratória nas prestações de crédito à habitação pode prolongar-se por dois anos e deve ser requerida até ao final de 2009.

A linha de crédito específica que vai financiar a moratória nas prestações de crédito à habitação vai custar este ano, segundo o primeiro-ministro, 150 milhões de euros.

 

 

 

 

 

publicado por J às 12:52
link do post | comentar | favorito
|

.links